0800 773 6099
24 horas por dia, todos os dias do ano

Faturas Online Serviços Online
Bebedouro poderá ter rede de distribuição de gás natural
03/06
Saiu na Mídia

Bebedouro poderá ter rede de distribuição de gás natural

Com pedido de autorização na prefeitura, a GasBrasiliano, braço da Petrobras, pretende fazer levantamento para a viabilidade de implantar um sistema de distribuição de gás natural em Bebedouro. O projeto ainda está em fase executiva e deve se estender até o final do ano. O estudo inicial será em trecho da Rodovia Armando de Salles Oliveira (SP-322), que cruza a cidade, podendo ser estendido. 

Em entrevista ao Quatro Páginas, a assessoria de comunicação da empresa de Ribeirão Preto explica que, se a implantação confirmar ser viável, a próxima etapa será a obtenção de licenças e liberação do órgão regulador, para então iniciar a comercialização e novos investimentos em rede para a distribuição do gás natural aos clientes que, inicialmente, serão indústrias e postos de combustível com o Gás Natural Veicular (GNV). Confira.

Quatro Páginas - Qual a importância da distribuição do gás natural?

GasBrasiliano - Residências, condomínios, estabelecimentos comerciais, indústrias e veículos automotores utilizam o gás natural como fonte de energia em diferentes usos. Atualmente, a rede de distribuição da GasBrasiliano está presente em 29 municípios, além de outros 6 que são atendidos com gás natural comprimido (GNC). Entre os principais municípios estão Araçatuba, Araraquara, Bauru, Marília, Ribeirão Preto e São Carlos, somando mais de 12,5 mil clientes que consomem em média 860 mil m³/dia e recebem o gás natural por uma rede de distribuição com mais de 860 km de extensão. No mercado industrial a GasBrasiliano atende, entre outras, grandes indústrias da região como Cutrale, Nestlé, Saint-Gobain, Duratex, Electrolux e Marilan.

No final de 2013, a empresa atingiu a marca de 2 bilhões de metros cúbicos (m³) distribuídos em dez anos de atuação e, desde que a Petrobras assumiu a empresa, em 2011, contabilizou importantes avanços estruturais. Em apenas três anos, o número de consumidores cresceu 65% e o volume aumentou 34%, sendo distribuídos em média 860 mil m³ diariamente. Em 2012 e 2013, a rede de distribuição ganhou 94 km.

COM ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO ELEVADO E RENDA PER CAPITA CRESCENTE, BEBEDOURO ENCAIXA-SE NO PERFIL DA EMPRESA, VOLTADO PARA A QUALIDADE DE VIDA.

Como a empresa chegou ao nome de Bebedouro para possível implantação do sistema?

Com localização estratégica, Bebedouro destacou-se a partir de levantamento de mercado realizado no município, tornando-se parte dos planos de expansão da companhia. Com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) elevado e renda per capita crescente, encaixa-se no perfil da empresa, voltado para a qualidade de vida. Além de ser fortemente representada pelo setor de suco de laranja, de óleos vegetais, fertilizantes, carrocerias e confecções, ainda destaca-se pelo comércio e serviços.

O projeto de implantação de sistema de distribuição é da GasBrasiliano?

Para atender à crescente demanda, a GasBrasiliano tem realizado estudos de viabilidade, avaliando e desenvolvendo projetos de distribuição do gás natural para a indústria e postos de combustível com o Gás Natural Veicular (GNV). O município de Bebedouro, com grande potencial de desenvolvimento, encontra-se na área Noroeste do Estado de São Paulo, fazendo parte dos 375 municípios da concessão da GasBrasiliano.

Qual o período para o estudo em Bebedouro?

Atualmente o projeto está em fase executiva, que deverá se estender até o próximo semestre. Com o projeto aprovado, inicia-se a etapa de licenciamento, que, em média, prolonga-se por cerca de 12 meses. Durante o período, também deverá haver autorização da Arsesp (Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo). A partir da obtenção das licenças e liberação do órgão regulador, inicia-se a fase de comercialização e posteriores investimentos em rede para iniciar a distribuição do gás natural aos clientes captados.

COM GRANDE POTENCIAL DE DESENVOLVIMENTO, BEBEDOURO FAZ PARTE DOS 375 MUNICÍPIOS DA CONCESSÃO DA GASBRASILIANO.

Qual será o trecho a ser analisado?

De acordo com o projeto, que está em fase de estudo e desenvolvimento, o objetivo inicialmente é avaliar o trecho da Rodovia Armando de Salles Oliveira, que cruza o município, estendendo-se a regiões com presença de clientes com maior volume e beneficiando os demais mercados envolvidos, agregando desenvolvimento ao município.

O que consta no projeto?

O projeto prevê inicialmente 11km de rede de distribuição de gás natural, atendendo aos consumidores do mercado industrial e GNV, uma vez que o município encontra-se localizado estrategicamente e é cortado por importantes rodovias.

O projeto reflete o desenvolvimento de Bebedouro e região?

Sem dúvida, Bebedouro é um importante centro consumidor de energia na região e, com a ampliação da rede de distribuição, a produção das indústrias poderá ser ampliada. Desde que assumiu a concessão, a GasBrasiliano investiu R$ 413 milhões na expansão da rede de distribuição de gás natural canalizado e na elaboração de projetos para desenvolvimento de aplicações para o gás natural.

BEBEDOURO É UM IMPORTANTE CENTRO CONSUMIDOR DE ENERGIA NA REGIÃO E, COM A AMPLIAÇÃO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO, A PRODUÇÃO DAS INDÚSTRIAS PODERÁ SER AMPLIADA.

Considerações.

A GasBrasiliano tem a concessão para a distribuição do gás natural na região Noroeste do Estado de São Paulo. Desde julho de 2011, é uma empresa do Sistema Petrobras. Entre as inúmeras vantagens do gás natural, proporciona mobilidade urbana, pois a distribuição através de tubulações em forma de rede de distribuição elimina caminhões de combustível de rodovias, ruas e avenidas, além de eliminar espaços de armazenagem, reduzindo riscos. Além disso, é fonte limpa e segura de energia, com abastecimento contínuo, mantendo suas características físico-químicas sempre constantes, garantindo maior produtividade.

Já o Gás Natural Veicular (GNV), comparado aos combustíveis tradicionais, tem rendimento superior e, por ser mais barato, garante mais economia para os motoristas. Em média, os motoristas reduzem seus custos em aproximadamente 50%. Outra vantagem é que rapidamente o consumidor tem retorno do custo para a instalação dos sistemas para o uso do GNV. Além das vantagens econômicas, o GNV é um combustível amigo do meio ambiente. Sua queima é mais limpa de poluentes e não contamina o óleo lubrificante, o que aumenta a vida útil do veículo. Outra vantagem é que, durante a queima, não há produção de enxofre, permitindo uma melhor conservação do escapamento.

Fonte: Jornal Quatro Páginas, Bebedouro

 

  • Aumento da demanda por Gás Natural Veicular (GNV)

    Reportagem do SBT sobre o aumento da demanda por gás natural veicular (GNV) em Ribeirão Preto.

  • Gás Natural Canalizado já é realidade em Catanduva

    Quatro indústrias contam com novidades; objetivo é que serviços sejam ampliados

  • Motoristas enfrentam fila nas oficinas para instalar o kit de gás natural

    Com medo de enfrentar novas filas nos postos e cansados de levar sustos na hora de pagar para encher o tanque, muitos motoristas decidiram instalar no carro o kit de gás natural.