0800 773 6099
24 horas por dia, todos os dias do ano

Faturas Online Serviços Online
Rede de distribuição de gás natural em Bauru será ampliada para atender edifícios residenciais e mais comércios
20/07
Releases

Rede de distribuição de gás natural em Bauru será ampliada para atender edifícios residenciais e mais comércios

A GasBrasiliano, concessionária responsável pela distribuição de gás natural na região Noroeste do Estado de São Paulo, ampliará sua rede em Bauru para atender edifícios residenciais e mais comércios.

Serão investidos nos próximos anos aproximadamente R$ 6 milhões na construção de cerca de 25 novos quilômetros de rede, ampliando assim a capacidade de atendimento para mais de 8,5 mil novos consumidores a serem beneficiados com o gás natural.

“O gás natural já é utilizado em Bauru em inúmeras indústrias, em um shopping center, além de dois postos automotivos que revendem o GNV. Ampliaremos nossa rede de distribuição na cidade para que edifícios residenciais e mais comércios também tenham acesso a essa importante fonte de energia, segura e econômica, utilizada em países de primeiro mundo”, explica Paulo Virginio Teixeira de Lucena, diretor técnico comercial da GasBrasiliano.

Por ser um combustível versátil, o gás natural canalizado apresenta diversas vantagens. Nos edifícios residenciais, por exemplo, sua utilização vai além das aplicações convencionais em fornos, fogões e chuveiros, podendo ser utilizado inclusive nas áreas comuns dos condomínios em piscinas, saunas, churrasqueiras.

Para o comércio, ele pode ser utilizado de diversas formas, inclusive em processos de produção e finalização ou ainda em máquinas e equipamentos específicos. A lista de estabelecimentos que pode ter o gás natural canalizado é a mais variada possível: padarias, hotéis, restaurantes, bares, lavanderias, clubes, academias, salões de beleza, supermercados, shoppings centers, dentre outros.

Além destas, o gás natural também oferece outras vantagens, como a melhoria da mobilidade urbana por independer de transporte rodoviário, o fato de não necessitar de estocagem de combustível, aumentando a segurança e eliminando a preocupação com a quantidade que resta ou se vai faltar, o atendimento técnico 24 horas por dia, todos os dias do ano, o ótimo custo-benefício, o fornecimento contínuo, além do menor impacto ao meio ambiente por ser uma fonte de energia limpa.

Para mais informações sobre as regiões de expansão da rede de distribuição em Bauru, basta entrar em contato com a Central de Atendimento da GasBrasiliano: 0800 773 6099, 24h por dia, todos os dias do ano.

Sobre a GasBrasiliano
A GasBrasiliano está presente com sua rede de distribuição em 35 municípios e atende ainda outras cinco cidades com o Gás Natural Comprimido (GNC). Ao todo, são mais de 25 mil clientes nos mercados residencial, comercial, industrial e automotivo com um investimento de mais de R$ 480 milhões na construção de mais de 1.040 km de rede de distribuição.

Rede de distribuição de gás natural em Bauru será ampliada para atender edifícios residenciais e mais comércios Rede de distribuição de gás natural em Bauru será ampliada para atender edifícios residenciais e mais comércios Rede de distribuição de gás natural em Bauru será ampliada para atender edifícios residenciais e mais comércios Rede de distribuição de gás natural em Bauru será ampliada para atender edifícios residenciais e mais comércios Rede de distribuição de gás natural em Bauru será ampliada para atender edifícios residenciais e mais comércios
  • Sistema diesel-gás será destaque da GasBrasiliano na Fenasucro

    Exposição de caminhão com tecnologia diesel-gás e palestra sobre o tema fazem parte da programação

  • Cantora Zizi Possi e banda formada por colaboradores da GasBrasiliano são destaques do Seresta Para Todos

    Evento será realizado no dia 21 de agosto e faz parte da programação do aniversário de Araraquara

  • Distribuidoras abrem chamamento público para aquisição de gás natural

    Atendidas pelo mesmo gasoduto de transporte, cinco companhias atuantes nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste farão chamada pública para até 10 milhões de m3/dia